— {U N S U S T A I N A B L E} // Diary

Ir em baixo

— {U N S U S T A I N A B L E} // Diary

Mensagem por Hell van Charbonneau em Ter Set 01, 2015 8:14 pm



hell // midnight madness
um aviso prévio para leitores
Quando eu era criança, minha mãe sempre me ensinou como era feio pegar as coisas dos outros sem pedir. Lembro-me de suas feições suaves, falando para mim que nunca deveria roubar. Ela sempre usava aquele bom e velho...Dizer? Não é necessariamente um ditado... Ah, sei lá. Voltando ao assunto. Ela sempre costumava me abraçar e falar, com a voz gentil: "Não faça para os outros aquilo que não quer que façam com você". Antes achava que isso era coisa de mãe, que todas no mundo inteiro ensinavam seus filhos a serem justos. Já não acredito mais nisso.

Se você está lendo esse diário, nesse momento, e não sou eu... Você faltou no dia em que seus pais ensinaram essa lição. E é um idiota.

Estou avisando. Isso não te pertence. Largue o caderno imediatamente, ou melhor ainda, devolva-o no lugar onde o encontrou. Feche isso agora mesmo, não leia mais nenhuma palavra. As coisas aqui escritas são particulares, e, sobre tudo, secretas.

Por que ainda está lendo, imbecil? Eu mandei largar. Ótimo, bom ser humano.

Grata,
Hell

PS: Se você não tem amor à vida e continua lendo, saiba que eu vou te achar. E quando o fizer... Ah, vai desejar nunca ter nascido. Treze anos com a Srta. Vaca - vulgo Magnolia, the boss - me ensinaram uma coisa ou duas sobre tortura e adoraria testá-las.
robb stark

_________________


DRUGS, GIVE
ME DRUGS!
avatar
Hell van Charbonneau

Mensagens : 2
Data de inscrição : 31/08/2015
Idade : 21
Localização : Hell.

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário http://hellishnesss.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: — {U N S U S T A I N A B L E} // Diary

Mensagem por Hell van Charbonneau em Qua Set 02, 2015 3:50 pm


introducing your nightmare {no date}

Nome: Fiona Elisié van Charbonneau;
Alias: Hell van Charbonneau;
Nacionalidade: Francesa;
Local de Origem: Marseille, França;
Data de Nascimento: 10/09 (19 anos);
Ocupação: Dama de Companhia;
Título: Plebéia;
Corte: Italiana;
Ficha Médica: Sangue AB+, sem alergias, frequentemente vista com hematomas e machucados, vacinada;
Ficha Criminal: Vandalismo, invasão de domicílio, porte de drogas ilícitas, formação de gangue;
Notas: Comportamento rebelde, aversão à autoridade e às regras de conduta. Alto QI gerou desinteresse em aulas "fáceis demais". Proibida entrada no estúdio de tiro. Manter um olho aberto nela e nos companheiros, sem provocá-los. Vários alunos dizem ter sido espancados por Fiona, mas não há evidência alguma.

Cabelos: Loiros naturalmente, tingidos na maioria das vezes;
Olhos: Esverdeados;
Altura/Peso: 1,67m e 54kg;
Outros: Cicatriz de queimadura de cigarro no pulso esquerdo. "δ" tatuado na lateral do indicador direito, bem discreto. Nós dos dedos da mão direita inchados e palmas calejadas. Três furos em cada orelha. Cicatriz suspeita na região da bacia.

Personalidade: Para começar, Fiona encaixa-se na classificação de Chaotic Neutral. "Uma pessoa dentro da categoria Chaotic Neutral segue seus caprichos, é um individualista do começo ao fim. Valoriza sua própria liberdade, embora não se esforce para proteger a liberdade dos outros, nem se importe com isso. Evita a autoridade, desafia tradições e ressente-se com figuras de autoridades que possam bagunçar o equilíbrio doentio que criou para si mesmo. Entretanto, não combate as figuras de poder de maneira consciente, já que, para fazer isso, ela teria de ser motivada tanto pelo bem (e um desejo de liberar os outros) ou pelo mal (e um desejo de fazer aqueles que são diferentes de si mesmo sofrer). Muito pelo contrário, só liga para sua sombra. Alguém dentro desta categoria pode ser imprevisível, mas o seu comportamento não é totalmente aleatório. Geralmente são extremamente inteligentes a seu próprio modo."

Hell é como uma bomba relógio ligada no 220, imprevisível e muito agitada. Incapaz de ficar parada por muito tempo, tanto fisicamente quanto mentalmente, ou começa a enlouquecer. Possui um raciocínio rápido e distante do tradicional, encontrando caminhos e respostas em locais pouco convencionais, fazendo com que seja impossível prever seu próximo passo. Além de impulsiva, não possui rédeas na língua, nos dedos e nem na perereca. Fala o que deve ser dito quando deve ser dito, escreve tudo o que precisa ser mostrado ao mundo e fica com quem quer, sem se importar muito com o que os outros pensarão.

Graças às suas façanhas e famosa rebeldia, criou-se um mito em volta da figura da dama de companhia. Muitos a veem como uma garota cínica, sádica, violenta e irreverente, e não estão de todo errados. Ela é muitas dessas coisas, com certeza. Gosta de sua reputação, e faz o necessário para mantê-la. Aqueles sortudos - ou loucos - o suficiente para se aproximarem encontrarão uma garota afiada, armada de sarcasmo e poder da sedução, alguém com quem sempre há assunto, e que te fará esquece do que é capaz de fazer caso a irrite. Um lobo em pele de cordeiro.

Amante de festas selvagens e, preferencialmente, secretas, torna-se ainda mais wild quando está longe dos olhares de conhecidos, ou simplesmente sob efeito de bebidas. Afinal, tudo que nos é proibido acaba sendo mais gostoso. Desde pequena foi a garotinha irritadiça, com pavio curto, e isso não mudou nada. Tem absolutamente zero paciência, talvez pelo fato de estar sempre em uma linha de raciocínio que anda rápido demais. Como se entedia muito fácil, acaba fazendo besteira para passar o tempo.

Suas habilidades na área de relacionamentos colaboram com sua reputação positiva, no quesito social, porém sua fama de vadia e encrenqueira acaba afastando possíveis colegas. Para muitos, uma amizade com a menina CHarbonneau é, não apenas cansativa, como também insustentável.

Ela, no entanto, não dá a mínima.

(0 a 7 anos de idade) Filha de Roxanne e Mordred Charbonneau, ambos criados da corte francesa, nunca tivera muito dinheiro. Quando completou quatro anos, sua família teve de se mudar para a Itália, pois foram transferidos para o palácio da família real do país, onde serviriam de cozinheiros e camareiros. Fiona sempre teve o costume de ajudar os pais no serviço, portanto estava familiarizada com castelo.

(7 a 10 anos de idade) Com oito anos conheceu a princesa Pietra durante uma escapada da cozinha real, e ambas viraram amigas quase instantaneamente. No mês seguinte, Fiona fora contratada como dama de companhia, e começou a ser educada para viver como as senhoritas da corte deveriam, tendo aulas de etiqueta e outras bobagens. Logo percebera que aquela realidade não combinava com ela, e começou a demonstrar indícios de aversão à autoridades.

(11 a 13 anos de idade) Fugiu do palácio pela primeira vez aos 11 anos, para se divertir com os filhos de outros criados. Pietra mentiu para os pais pela amiga, dando-lhe cobertura, algo com que se acostumaria nos anos seguintes. O apelido "Inferno" surgiu nessa época, quando a francesa ameaçou queimar o celeiro do terreno rural do palácio. A rebeldia e o temperamento explosivo de Hell ficavam cada vez mais fortes, porém ela ainda não havia entrado no "caminho do mal". Bebeu pela primeira vez aos 13 anos em uma destas saídas escondidas.

(14 a 16 anos de idade) De uma hora para a outra, a transformação começou. Roupas, cabelo, físico... Fiona já não era uma criança, e estava longe de agir como uma. Conheceu as pessoas erradas, encontrou influências não tão boas... Aos 14 anos já levava drogas de fora para dentro do Instituto. Se metia em brigas, cabulava aulas, fugia para festejar. A semente da rebeldia já plantada havia florescido. Os professores a odiavam, afinal, mal aparecia nas aulas e tirava sempre a nota máxima. Os alunos a viam com uma mistura de medo, respeito e desejo. Hell estava se tornando um mito, ninguém mais a chamava de Fiona há anos. Com 16 anos, seus parceiros foram surgindo, saindo dos mais inesperados lugares. A gangue estava se formando.

(16 a 19 anos de idade) Ainda é vista dando uma lição naqueles que lhe devem dinheiro ou drogas, porém agora possui pessoas que façam o trabalho sujo em seu lugar. O mito crescera, Hell era um elemento fundamental no funcionamento do instituto, muitas vezes vista como a "Poderosa Chefona" da máfia estudantil. Apesar disso, ainda era muito popular, afinal, sua presença servia de campo de força dazinimiga. Fiona não é necessariamente má, apenas inferniza quem já mexeu com ela. Por não ser nobre, deve construir seu império de alguma forma. Tudo não passa de um jogo de interesses. Ironicamente, nunca encontraram provas para incriminá-la.

OBS: ELA NÃO SE DROGA, SÓ VENDE.
primeiro post, ficou um lixo, masok

_________________


DRUGS, GIVE
ME DRUGS!
avatar
Hell van Charbonneau

Mensagens : 2
Data de inscrição : 31/08/2015
Idade : 21
Localização : Hell.

Ficha do personagem
Mochila:

Ver perfil do usuário http://hellishnesss.tumblr.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum